#EngenhariaDoDia Engenharia Aeronáutica - Blog Srº Engenheiro

#EngenhariaDoDia Engenharia Aeronáutica

Esse projeto visa abordar um pouco de cada engenharia por dia, durante 34 dias (já que temos 34 tipos diferentes de engenharias no Brasil).
Espero contribuir com explicação de dúvida que vocês venham a ter sobre alguma dessas áreas de estudo.

E a Engenharia de hoje é a Engenharia Aeronáutica.

A engenharia aeronáutica, também conhecida como engenharia aeroespacial ou engenharia astronáutica é o ramos da engenharia que estuda, projeta e realiza a manutenção de aeronaves, foguetes e até satélites.

HISTÓRIA

Surgida em meados dos anos 1920 com o advento da invenção do brasileiro Santos Dumont e dos americanos Wright, teve um crescimento exponencial devido à construção de aviões militares para a primeira guerra mundial.
Durante a guerra fria entre EUA e Rússia, desenvolveram-se muito as tecnologias espaciais, o que fez com que o homem chegasse à lua.

Áreas de conhecimento do estudante de engenharia aeronáutica:

A base comum em todas as engenharias são:

·     Matemática - mais precisamente, cálculo diferencial e álgebra linear.
·    Ciência dos materiais - estudo de materiais e suas aplicações na engenharia quanto às suas propriedades físicas.
· Mecânica dos sólidos - intimamente ligada à ciência dos materiais, e geralmente analisa deformações e tensões em todas as partes da espaçonave ou aeronave. Geralmente utiliza-se de métodos computacionais de elementos finitos para realizar estas análises.
· Física – estuda as bases da física como eletricidade, magnetismo, força, dinâmica. Matéria de extrema importância para qualquer engenheiro.
Dentre as matérias específicas encontram-se:
· Mecânica dos fluidos - a ciência que estuda o escoamento de fluidos sobre objetos. Dentro desta disciplina, geralmente, a área de maior interesse é a aerodinâmica.
·  Astrodinâmica - a ciência que estuda a mecânica orbital, ou seja, a predição de trajetórias e órbitas.
· Mecânica estática e dinâmica - o estudo dos movimentos, forças e torques em sistemas mecânicos.
·    Tecnologia eletrônica - estudo da eletrônica aplicada.
·  Propulsão - a ciência que estuda o movimento de um veículo na atmosfera ou em ambiente espacial. Os principais ramos são, motores de combustão internamotores a jatomotores turbomotores-foguete e propulsão iônica.
·  Controle - o estudo da modelagem matemática do comportamento dinâmico de sistemas e projeto de sistemas de controle para que o comportamento seja o mais próximo do desejado.
·  Estrutura de aeronaves e espaçonaves - projeto de uma configuração física da estrutura que suporte todos os esforços físicos necessários.
· Aeroelasticidade - interação da aerodinâmica com a flexibilidade da estrutura.
· Aviônica - projeto de sistemas de computador a bordo de aeronaves e espaçonaves, assim como sua simulação.
· Software - projeto, desenvolvimento, teste e implementação de softwares para aplicações aeroespaciais, que incluem softwares de voo, controle de terra, simulações e gerenciamento.

·  Ruídos e Vibrações - estudo mecânico da transferência de sons e ruídos.

    ÁREA DE TRABALHO.
São vários os setores em que o engenheiro aeronáutico pode trabalhar. Além dos comuns aos engenheiros em geral como bancos, bolsa de valores e administração de empresas, esse engenheiro pode atuar em agências aeroespaciais, em fábricas e oficinas de aeronaves e ainda nos aeroportos desenvolvendo rotas de vôos ou infraestruturas.

Gostou desse ramo da engenharia?
Compartilhe essa matéria com os amigos e familiares.
Ajude o blog a crescer e se tornar a maior revista sobre engenharia do Brasil.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.