#EngenhariaDoDia Engenharia Ambiental - Blog Srº Engenheiro

#EngenhariaDoDia Engenharia Ambiental

Esse projeto visa abordar um pouco de cada engenharia por dia, durante 34 dias (já que temos 34 tipos diferentes de engenharias no Brasil).
Espero contribuir com explicação de dúvida que vocês venham a ter sobre alguma dessas áreas de estudo.
E a Engenharia de hoje é a Engenharia Ambiental.

A engenharia ambiental surgiu devido às necessidades de proteção ao meio ambiente e saneamento básico que eram escassos.
A principal função do Engenheiro Ambiental é a utilização de tecnologias existentes ou elaborar novas para a prevenção da poluição e proteção da natureza.

De modo geral, sua atuação profissional deve atender as preocupações ditos nos tratados internacionais das exigências relativas o clima da Terra, como a Carta de Estocolmo (1072), tratado do Rio De Janeiro (ECO-92), Convensão de Viena (1985), Protocolo de Montreal (1987) relativo à camada de Ozônio. Protocolo de Quioto (1997), Protocolo de Anápolis e a conferência da ONU em Bali (2007) que diz respeito às  mudanças climáticas.

ÁREAS DE ATUAÇÃO.

Abastecimento de água;
Análise de riscos ambientais;
Análise de ciclo de vida;
Auditorias de diagnósticos ambientais;
Avliação de impactos ambientais;
Construção sustentável;
Controle de qualidade ambiental;
Drenagem pluvial;
Economia ambiental;
Educação ambiental.
Estudo de Impacto Ambiental - EIA
Energia e alterações globais;
Geotecnia ambiental;
Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto;
Gestão ambiental;
Gestão de recursos hídricos;
Gestão de recursos naturais, biodiversidade e conservação da natureza (meio urbano e rural);
Gerenciamento de resíduos sólidos;
Hidráulica;
Hidrologia e hidrogeologia;
Indústria da água e dos resíduos;
Licenciamento ambiental;
Modelagem ambiental;
Operação, manutenção e reabilitação de infraestruturas;
Ordenamento do território (uso do solo);
Outorgas Superficiais e Subterrânea;
Planeamento energético e energias renováveis;
Planejamento Urbano;
Poluição da água, poluição do ar, poluição do solo (avaliação, modelagem, prevençào e controle);
Remediação de áreas degradadas;
Regulamentação e normalização ambiental;
Relatório de Impacto Ambiental – RIMA;
Saneamento ambiental;
Saúde ambiental;
Sistemas de informação ambiental;
Tecnologia/Produção limpa;
Tratamento de águas residuárias e de abastecimento;
Zoneamento Ecológico.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.