Biodiesel a partir do café? Pesquisadora da USP monstra que é possível! - Blog Srº Engenheiro

Biodiesel a partir do café? Pesquisadora da USP monstra que é possível!

Durante muito tempo o café foi o grande gerador de economia do Brasil. A isso deve-se o fato de o brasileiro ser apaixonado por esse líquido tão saboroso.

Ao redor do mundo já foram inventado diversas receitas para a bebida, como o capuccino, mocaccino, além de sorvetes, bolos e muitos outros.

Mas o que sobra depois da infusão é o que preocupa.

A borra do café, quando utilizado de maneira correta pode servir como adubo e fortificante para plantas e é um repelente natural para pragas em plantações.

Mas nem sempre isso acontece.

Nas grandes cidades, são consumidos diariamente milhares de quilos de café por dia, que por sua vez são descartados nos lixos comuns.

Denise Moreira dos Santos, professora do Centro Paula Souza, instituição que administra as ETEC's e FATEC's do Estado de São Paulo, desenvolveu um projeto interessante para destinar as borras de café.

Biodiesel!

Esse é um projeto que teve inicio quando Denise estava lecionando para alguns alunos, num momento de experimentos em sala de aula.

Cada quilo de borra de café é possível coletar até 100 ml de óleo, o que pode geral 12 ml de biodiesel.

"-O óleo essência é extraído da borra do café por meio da utilização de etanol como solvente. Após a extração, o óleo é posto em contato com um catalisador alcalino, que realiza uma reação de transesterificação com a qual se obtém o biodiesel." Comentou a Professora Denise.

Apesar de o Brasil produzir 18 milhões de sacas de café, ainda é inviável realizar a introdução desse tipo de combustível em escala industrial. Seria preciso uma conscientização da população para que não joguem a borra de café no lixo, e sim reservar para a extração do óleo por empresa especializada.

Gostou da matéria, compartilhe nas suas redes sociais.
Curta nossa página Srº Engenheiro.


Tecnologia do Blogger.