Conheça a história dos famosos Canais De Santos - Blog Srº Engenheiro

Conheça a história dos famosos Canais De Santos

Canal 3 Santos
Canal 3, Santos - SP
Você já ouviu falar dos famosos canais de santos?
Muita gente os usa como ponto de referência na cidade.
Hoje vamos aprender por que foram criados, quem os projetou e qual a função deles hoje em dia.

Antes de falar sobre os canais, devemos comentar sobre a cidade onde se situam, Santos, no litoral paulista.

Santos foi uma das primeiras cidades brasileiras, e abriga até hoje o maior porto da América Latina.

Uma cidade plana, quase ao nível do mar. Constantemente sendo alagada por conta das chuvas e dos rios (muitos rios aliás), isso trazia consigo uma série de doenças, entre elas a febre amarela, peste bubônica, varíola, disenteria e febre tifoide. Essa doenças foram causadas pelas más condições de saneamento na região. Entre os anos de 1890 e 1900 essas epidemias trouxeram à óbito 6.683 pessoas, praticamente metade da população da cidade na época.
O governo da cidade então criou um plano de saneamento para acabar com essas doenças e com a morte da população.


Saturnino de brito
Engenheiro Saturnino De Brito
Contrata o Engenheiro Sanitarista Saturnino de Brito para dar um jeito naquela situação.

Ele então projeta os canais, que inicialmente seria utilizado apenas para drenar as águas dos muitos rios da cidade e as águas da chuva e jogá-las no oceano.

Foi construído inicialmente o Canal 1, que ligava o canal do porto (no Mercado Municipal) até a praia no emissário submarino. Cortou a cidade inteira de norte à sul.

Na verdade, ali já se encontrava um rio chamado Ribeirão dos Soldados, que foi apenas ampliado cortando toda a cidade e feito uma calha com concreto, situação inovadora para a época.


Algum tempo depois foi construído o Canal 2, paralelo ao primeiro canal. Estes se interligam na metade da cidade, onde hoje está situado o Estádio Da Portuguesa Santista (um dos fundadores da Federação Paulista de Futebol).





Canal para transporte
Como esses canais eram apenas para jogas águas acumuladas de chuvas e rios ao mar, por muito tempo foram utilizados como vias de transporte a barco. Até hoje ainda é utilizado um trecho com esse intuito, no mercado municipal têm as catraias para transportar passageiros entre Santos e Guarujá.


Algum tempo depois, começaram a ser utilizados para captação de esgoto da cidade. Mas a partir desse momento, não poderia ser despejados na praia sem mais nem menos.


Catraia Santos/Guarujá

Então, juntamente com o Engenheiro Miguel Presgrave, construíram um mecanismo para levar o esgoto captado das cidades de Santos e São Vicente até a Praia Grande, uma vez que lá passa uma corrente marítima e não deixaria a sujeira voltar para a costa.


Construíram então, a Ponte Pênsil (que será abordada em uma outra matéria do Blog Srº Engenheiro), para ligar a ilha de Santos/São Vicente ao continente e sustentar os tubos de esgoto.



Ponte Pênsil que liga São Vicente à Praia Grande
Santos tem onze canais, sete que terminam na praia e mais quatro no interior da cidade. O Canal 7, na ponta da praia, foi construído em 1968, assim, não foi projetado pelo Saturnino.

O Canal 3 tem pelo menos um terço do seu trajeto subterrâneo, que passa pelo centro da cidade, desaguando uma ponta na praia do Gonzaga e outra no canal do porto (Alfândega da Receita Federal).
Gostou da matéria?
Compartilhe em suas redes sociais e ajude o Blog Srº Engenheiro a crescer, seu apoio vale muito!


Tecnologia do Blogger.